Entrar

MERGULHADOR

Profissional que pratica, profissionalmente, o esporte chamado mergulho aquáticostrong>

O QUE É?

O mergulhador é o profissional que pratica o mergulho aquático como meio de vida. Existem três tipos de mergulho: o mergulho livre, no qual o profissional não utiliza aparelhos para a respiração; o mergulho autônomo, no qual o profissional carrega consigo aparelhos para respiração e tubos de oxigênio; e o mergulho dependente, que é aquele em que o suprimento de ar fica na superfície. O mergulho dependente é exclusivo dos profissionais, uma vez que a profundidade é muito grande, necessitando, assim de técnicas de mergulho e descompressão adequadas.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

Para ser um mergulhador é necessário que o profissional seja muito responsável e prudente, pois qualquer erro ou falta de técnica no meio de um mergulho pode ser fatal. Outras características interessantes são: dinamismo dedicação ao treinamento autocontrole força física boas condições pulmonares autoconfiança

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

Para ser um mergulhador profissional é necessário que o candidato se especialize em cursos especiais de mergulho, onde ele aprende todas as técnicas necessárias, estuda tabelas de mergulho, procedimentos de emergência e aprende a manusear os equipamentos especiais. Qualquer pessoa pode fazer o mergulho livre, basta realizar um curso básico, e estar sempre acompanhada de um mergulhador profissional. Nessa modalidade, há equipamentos que garantem a respiração subaquática, que depende basicamente da capacidade pulmonar do mergulhador e de sua resistência física e emocional. Há também, dentro do mergulho livre, o mergulho contemplativo, que consiste na apreciação do ambiente aquático. O mergulho autônomo permite que a pessoa permaneça debaixo da água por mais tempo, por isso, há idade mínima de doze anos, porém, também, sempre acompanhado de instrutor, ou seja, um mergulhador profissional. Já o mergulho dependente é reservado à profissionais.

Principais Atividades

realizar exercícios físicos e treinamentos específicos diariamente checar o equipamento de mergulho se necessário, realizar a manutenção do mesmo preparar e instruir todos que participarão do mergulho durante o mergulho, caso o profissional esteja trabalhando como coordenador de mergulho, auxiliar e instruir o iniciante se preparar para competições, se for o caso, reforçando o treinamento e cuidando mais da alimentação, juntamente com um nutricionista e uma equipe técnica

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

O mergulhador profissional pode trabalhar no auxilio de pesquisas biológicas ou oceanográficas, também pode se dedicar como instrutor de mergulhos, dando aulas para quem quer aprender a atividade, ou até mesmo, como coordenador de passeios turísticos. O profissional também pode se dedicar inteiramente à profissão, participando de competições de mergulho.

MERCADO DE TRABALHO

O mercado de trabalho para o profissional do mergulho competitivo é restrito, uma vez que, para competir, é necessário patrocínio de empresas privadas, ou auxílio governamental. Já no setor de coordenação de mergulhos, que é movido pelo principalmente turismo, o mercado é mais amplo.

CURIOSIDADES

Já na Antigüidade, muitas aventuras submarinas foram contadas por grandes pensadores. O historiador grego Heródoto já relatava que o imperador Xerxes havia organizado expedições para buscar nas profundezas do oceano, tesouros persas submersos. Narrou também, o filósofo grego Aristóteles, a descida de Alexandre, o Grande, em um sino de mergulho primitivo para observar a vida marinha. Porém, o primeiro homem a mergulhar com segurança e conforto foi o padre italiano Giovanni Alfonso Borelli, em 1679. O seu mergulho com um traje impermeável feito de couro e untado de sebo, foi uma tentativa de reduzir o frio. O primeiro aparelho de respiração autônoma foi criado em 1899, pelo francês Besnoit Rouquayrol, porém, faltava uma válvula para equilibrar a alta pressão existente no fundo do mar. A solução só foi encontrada em 1943, pelo francês Jacques-Yves Cousteau, que na época vivia no sul da França e praticava caça submarina como meio de vida. Ele e o engenheiro Emile Gagnham aperfeiçoaram o aparelho de Rouquayrol com uma válvula de alta pressão e batizaram de aqualung.

ONDE ENCONTRAR MAIS INFORMAÇÕES?

Clube do Mergulhador Casa do Mergulhador

Buscar por instituições

encontre
vagas e cursos
por instituições

Curta nossa fan page

© Copyright 2015 - Todos os Direitos Reservados. Brasil Profissões.