Entrar

Geriatra

GERIATRA

Médico especializado no ramo da medicina que trata das doenças em pessoas de idade avançada.

O QUE É?

Geriatra é o profissional da medicina especializado no estudo, prevenção, manutenção e tratamento de doenças em pacientes de idade avançada. A geriatria é a área da saúde que atua no cuidado com o idoso, mas deve ser distinta da gerontologia, que é o estudo do envelhecimento. Os profissionais da geriatria trabalham com doenças específicas dos idosos e com doenças comuns em todas as idades, mas com tratamento específico para a fase.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

Para ser um geriatra é necessário que o profissional goste de lidar com as pessoas, principalmente com os idosos. Outras ncaracterísticas interessantes são: responsabilidade metodologia capacidade de organização capacidade de observação paciência capacidade de diagnóstico flexibilidade dinamismo

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

Para ser um geriatra, é preciso que o profissional tenha diploma de curso de Medicina, e posterior especialização ou pós-graduação em Geriatria, em instituição reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura). O geriatra é um profissional que, por lidar com a saúde, deve estar em constante processo de atualização por meio de cursos ou estar ligado em estudos e pesquisas divulgadas.

Principais Atividades

realizar consulta com o paciente para observar o estado geral da saúde, antes de qualquer coisa perguntar também ao paciente a respeito de antecedentes familiares ou doenças que ele já teve analisar queixas dos pacientes diagnosticar quaisquer problemas visíveis solicitar e analisar exames de rotina corrigir a alimentação e sugerir atividades físicas se necessário, prescrever os remédios com base nos resultados dos exames instruir os familiares ou acompanhantes do modo mais eficiente de realizar o tratamento avaliar também o lado psicológico do paciente, e, se necessário encaminhá-lo à ala psicológica marcar consultas periodicamente focar na prevenção de doenças e atentar aos possíveis sintomas de doenças mais comuns (instruir também os acompanhantes) instruir o paciente ou os familiares de políticas de apoio ao idoso e de programas sociais com tal fim trabalhar em equipes multidisciplinares de pesquisa e tratamento

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

O geriatra é um profissional da saúde, logo, trabalha em locais como hospitais públicos ou particulares, casas de saúde, clínicas, asilos, etc. O profissional da geriatria tem como uma de suas funções primordiais, além de tratar das doenças, prevení-las. O geriatra possui pontos muito importantes no tratamento com pessoas de idade avançada, como por exemplo: tratar da manutenção da saúde na idade avançada tratar da manutenção da funcionalidade de todas as partes do corpo do idoso prevenir doenças estando sempre atento a sintomas e realizando exames periodicamente detecção, diagnóstico e tratamento de doenças precocemente, por meio de exames periódicos visar o máximo grau de independência do idoso, pois assim, o lado psicológico avança junto com o tratamento médico receitar sempre tratamentos SEGUROS, sempre levando em conta outras doenças ou fragilidades do paciente visar o cuidado e apoio na fase terminal do paciente, orientando a família e os acompanhantes

MERCADO DE TRABALHO

O mercado de trabalho para o geriatra é amplo, visto que é uma profissão da área da saúde. É uma área que também possui muita probabilidade de crescimento já que pesquisas mostram que a expectativa de vida da população está cada vez mais alta. O profissional encontra muitas oportunidades no setor público, em hospitais, clínicas, casas de saúde, etc. O setor privado vem crescendo bastante, em locais como asilos e casas de saúde especializadas com o trato com o idoso, o médico geriatra é muito requisitado. O médico também pode ter sua clínica própria, e até atender os pacientes nas suas casas, realizando trabalho, inclusive, de prevenção de acidentes, instruindo o acompanhante de possíveis ocorrências, de arrumação dos móveis e objetos, etc.

CURIOSIDADES

A medicina surgiu na Antigüidade clássica, com Hipócrates, considerado o pai da medicina, que passou aos gregos todos seus conhecimentos e estudos da ciência, e, a partir daí, esse povo se tornou pioneiro no estudo das doenças. Através de Galeno, grego que morava em Roma, os romanos também se tornaram grandes conhecedores da ciência. Já na Idade Média, a sangria com sanguessugas era a principal técnica usada para curar qualquer tipo de doença, e os avanços da ciência médica nesse período foram poucos, pois a Igreja Católica fazia muita pressão sobre as pesquisas científicas. Durante o Renascimento (séc XV e XVI) a pesquisa da medicina evoluiu muito e os médicos procuravam explicações para todos os tipos de doenças. No século XVII, a descoberta do sistema circulatório por William Harvey, trouxe grande progresso, pois os especialistas começaram a entender mais da anatomia e fisiologia dos sistemas. Após a invenção do microscópio acromático, no séc XIX, por Louis Pasteur significou grande avanço na área. A partir daí, as descobertas e novas tecnologias fizeram com que a evolução da medicina fosse imensa, e, atualmente, existem técnicas de tratamento para quase todos os tipos de enfermidades.

ONDE ENCONTRAR MAIS INFORMAÇÕES?

Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Medicina Geriátrica

Buscar por instituições

encontre
vagas e cursos
por instituições

Curta nossa fan page

© Copyright 2015 - Todos os Direitos Reservados. Brasil Profissões.