Entrar

dist_dpc

DELEGADO

Profissional da Policia, responsável por investigar e reprimir crimes.

O QUE É?

Delegados são policiais civis responsáveis pelas delegacias e por todas as ocorrências policiais registradas em sua área de competência, que difere conforme a corporação para a qual servem. Na Polícia Civil, esse profissional se ocupa das questões de âmbito estadual; e, na Polícia Federal, se responsabiliza pelos crimes cometidos contra a União, como aposentadorias fraudulentas e lavagem de dinheiro - em casos especiais como assalto a um órgão federal, as duas podem vir a trabalhar juntas. Apesar dessa pequena diferença, a função principal de ambos é, basicamente, a mesma: investigar e reprimir o crime. O objetivo é descobrir a autoria e como o crime foi feito. Para isso, preside o inquérito policial, toma depoimentos e, depois de tudo esclarecido, faz um relatório para o juiz, que vista e encaminha para o Ministério Público, órgão encarregado de fazer ou não a denúncia. Além das suas atribuições investigativas, os delegados também exercem funções administrativas, como chefiar a expedição de documentos como carteira de identidade (Polícia Civil) ou passaporte (Polícia Federal). Na Polícia Civil, as atividades são divididas entre o delegado-chefe, o delegado-assistente (realiza funções administrativas), o delegado-cartorário (encaminha os inquéritos, cuida da tramitação dos processos etc.) e o delegado plantonista (comanda a delegacia durante os plantões, que geralmente são de 24 horas de serviço seguidas de 72 horas de folga).

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

O delegado é um profissional que precisa saber agir com muito bom senso. Além de um vasto conhecimento técnico, intuição também é bem-vinda para essa profissão, além de coragem e idealismo por justiça. Características desejáveis: autoconfiança autocontrole boa memória capacidade de análise capacidade de comunicação capacidade de convencimento capacidade de lidar com situações adversas capacidade de pensar e agir sob pressão capacidade de síntese coragem disciplina discrição equilíbrio emocional espírito de investigação gosto pelo debate iniciativa interesse por temas da atualidade resistência física senso crítico senso de ética senso de responsabilidade

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

delegados são escolhidos por meio de concursos públicos. Tanto na Polícia Civil quanto na Polícia Federal, é preciso ser bacharel em direito, porém não é necessário ter experiência profissional, nem ter passado no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). O concurso é dividido em duas etapas. A primeira consiste em prova escrita, teste de aptidão física e investigação social. Aprovado nessa fase, o futuro delegado precisa, então, fazer o curso na Academia de Polícia Civil (APC) ou na Academia Nacional de Polícia (ANP), no caso da Federal. Ambos são classificatórios e eliminatórios e os programas são praticamente os mesmos: aulas de armamento e tiro, defesa pessoal, direitos humanos, psicologia, técnicas de investigação, direito penal, direito processual penal etc. A diferença é que, na APC, o programa tem duração de seis meses e os candidatos não recebem nenhuma ajuda de custo e, na ANP, o curso dura quatro meses e o aluno recebe cerca de 50% do valor do salário dos delegados da ativa.

Principais Atividades

Além de administrar as delegacias, os delegados das polícias Civil e Federal planejam, coordenam e controlam as seguintes atividades policiais: investigação de crimes; depoimentos e interrogatórios de acusados e testemunhas; prisões em flagrante; cumprimento de ordens judiciais de prisão; preservação do cenário do crime até a chegada da perícia; instauração de inquéritos; lavratura de termos circunstanciais (voltados para crimes considerados de menor potencial, como lesão corporal); registro de ocorrências (assaltos, agressões, assassinatos, conflitos, acidentes) e queixas de cidadãos que procuram as delegacias; fichamento das pessoas que se envolveram em crimes.

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

Os delegados de polícia atuam em delegacias civis ou federais, participando e encabeçando investigações e inquéritos.

MERCADO DE TRABALHO

Se considerarmos o aumento da violência do país, podemos dizer que o mercado de trabalho para delegados civis e federais tem tudo para crescer nos próximos anos. No entanto, como se trata de funcionário público, a criação de novas vagas depende de investimentos dos governos federal e estadual. A Polícia Federal realizou em 2001 um concurso para o preenchimento de 495 vagas. Já nas polícias civis, a situação varia de estado para estado. RJ e SP, por exemplo, realizaram concursos no final de 2001 para, respectivamente, 70 e 80 vagas de delegado.

CURIOSIDADES

São atribuições do Delegado de Polícia, entre outras previstas em Lei: presidir inquéritos policiais, termos circunstanciados e autos de prisão em flagrante; apreender objetos que tiverem relação com o fato delituoso e requisitar perícias em geral para a formalização da prova criminal; cumprir e fazer cumprir mandados de prisão; dirigir e orientar a investigação criminal e todos os atos de polícia judiciária de uma Delegacia de Polícia ou qualquer outro órgão policial; proceder a verificação e exame dos atos ilícitos chegados a seu conhecimento, tomando as providências jurídicas que o caso requer; elaborar relatórios, bem como, representar pela decretação judicial de prisões provisórias; proceder a sindicâncias administrativas, processos administrativos disciplinares; expedir e fiscalizar a emissão de documentos públicos de sua competência; gerenciar o órgão policial em que estiver lotado; realizar atividades afins ou correlatas. Fonte: www.pc.rs.gov.br

ONDE ENCONTRAR MAIS INFORMAÇÕES?

Associação dos Delegados do Estado de São Paulo Sindicato dos Delegados de Polícia de Goiás

Oportunidades

Buscar por instituições

encontre
vagas e cursos
por instituições

Curta nossa fan page

© Copyright 2015 - Todos os Direitos Reservados. Brasil Profissões.